10 de out de 2014

0

Cancer de Mama #OutubroRosa



Ola amores, Tudo bem ?

Vamos falar neste post de um assunto polêmico e muito importante que a mulher tem que se prevenir  e se auto examinar não só para conhecer o seu corpo, para poder se prevenir. 


Para ler este post vamos escultar uma musica e ficar atenta as informações :

Este dias estava assistindo a malhação no tempo que pude e vi uma cena que achei interessante para que podemos não só adultos como as meninas mais jovens já irem aprendendo a se tocar e fazer o auto exame pois isso e importante na vida de uma menina o ato de se tocar, e esta cena de malhação foi feita por Lucrécia (Helena Fernandes)  em que descobre um nódulo no seio na cena. 
 Mesmo sendo uma coisa chocante acontece por isso temos que ficar atentas e por isso vou escrever algumas informações sobre o câncer, idade provavéu e muitas outras informações que eu pesquisei 


Não se assuste! Pode não ser para o seu tipo de idade este post!

Idade: 
 
O câncer de mama é mais comum em mulheres acima de 50 anos. Quanto maior a idade maior a chance de ter este câncer. Mulheres com menos de 20 anos raramente têm este tipo de câncer.

Exposição excessiva a hormônios: 
 
Terapia de reposição hormonal (hormônios usados para combater os sintomas da menopausa) que contenham os hormônios femininos estrogênio e progesterona aumentam o risco de câncer de mama. Não tomar ou parar de tomar estes hormônios é uma decisão que a mulher deve tomar com o seu médico, pesando os riscos e benefícios desta medicação.
Anticoncepcional oral (pílula) tomado por muitos anos também pode aumentar este risco.
Retirar os ovários cirurgicamente diminui o risco de desenvolver o câncer de mama porque diminui a produção de estrogênio (menopausa cirúrgica).
Algumas medicações "bloqueiam" a ação do estrogênio e são usadas em algumas mulheres que tem um risco muito aumentado de desenvolver este tipo de câncer. Usar estas medicações (como o Tamoxifen) é uma decisão tomada junto com o médico avaliando os risco e benefícios destas medicações.

Sintomas do câncer de mama:

O câncer de mama normalmente não dói. A mulher pode sentir um nódulo (ou caroço) que anteriormente ela não sentia. Isso deve fazer ela procurar o seu médico. O médico vai palpar as mamas, as axilas e a região do pescoço e clavículas e se sentir um nódulo na mama pedirá uma mamografia.
A mulher também pode notar uma deformidade na suas mamas, ou as mamas podem estar assimétricas. Ou ainda pode notar uma retração na pele ou um líquido sanguinolento saindo pelo mamilo. Nos casos mais adiantados pode aparecer uma "ferida" (ulceração) na pele com odor muito desagradável.
No caso de carcinoma inflamatório a mama pode aumentar rapidamente de volume, ficando quente e vermelha.
Na maioria dos casos, a mulher é a responsável pela primeira suspeita de um câncer. É fundamental que ela conheça as suas mamas e saiba quando alguma coisa anormal está acontecendo. As mamas se modificam ao longo do ciclo menstrual e ao longo da vida. Porém, alterações agudas e sintomas como os relacionados acima devem fazer a mulher procurar o seu médico rapidamente. Só ele pode dizer se estas alterações podem ou não ser um câncer.
Como o médico faz esse exame?
O exame mais fácil de se realizar para se detectar uma alteração da mama é o exame de palpação. Neste exame o médico palpa toda a mama, a região da axila e a parte superior do tronco em busca de algum nódulo ou alteração da pele, como retração ou endurecimento, e de alguma alteração no mamilo.
A mamografia é um Raio X das mamas e das porções das axilas mais próximas das mamas. Nesse exame, o radiologista procura imagens sugestivas de alterações do tecido mamário e dos gânglios da axila. A ecografia das mamas pode auxiliar o radiologista a definir que tipo de alterações são essas.
Esses exames, quando realizados anualmente ou mais freqüentemente, dependendo da história individual da paciente (presença de fatores de risco ou história de tumores e biópsias prévias), pode diminuir a mortalidade por esse tipo de tumor, quando realizados entre os 50 e os 69 anos.
Porém, este tipo de tumor tem características diferentes para populações diferentes. Isto altera o quanto a mamografia é eficaz em diminuir a mortalidade por este tipo de tumor.



 Espero que você tenham gostado destas informações. 
 Deixe seu comentário
Beijos

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Deixe seu comentário

웃 ღ ♥ ♡ ❤ ❥ ❦ ∴ △ ∞ ✖ 。◕‿◕。®™☏℡゚✤. ❝❞✥ ✦ ✧ ✱ ✲ ✳ ❃ ❂ ❁ ❀ ✿ ✾

Template Free Acessórios e Personalizações de Blogs/http://coisassimplesmeencantam.blogspot.com.br/ | Tecnologia do Blogger | Todos os direitos reservados ©2012